quinta-feira, 6 de junho de 2019

Vereadora Kellyane Calvet apresenta requerimento para criação da CPI da farras das diárias, mas aliados da prefeita não assinam.




Kellyane apresentou hoje, 6 de junho, requerimento para apreciação e votação em plenário para criação da CPI da farras das diárias.

Obedecendo o que lhe garantia o artigo 93, INCISO I, do Regimento interno da Câmara que, garante levar ao plenário para votação, o requerimento para criação de  CPI, caso não atinja o limite necessário de 1/3 das assinaturas dos vereadores.

A vereadora usou o tempo do grande expediente, tentando convencer seus pares para a importância da CPI sobre o episódio que ficou conhecido como farras das diárias. Onde assessores da prefeita ao longo dos anos de 2017 e 2018 receberam verdadeiras fortunas para se deslocarem até a capital, são luís, a "serviço" da prefeitura. Tem assessor que passou mais de 200 dias na capital fazendo sabe-se lá o quê. E por isso recebeu mais de 50 mil reais em diárias. Contudo, apenas o vereador Vilmar assinou junto com a vereadora para que a CPI pudesse ser aberta. Faltaram mais 2 assinaturas. 

Mas a negativa da maioria dos vereadores em não aprovar e não assinar o requerimento para abertura de CPI, demonstra claramente a quem eles estão servindo. E não é ao povo que os elegeram.

Kellyane tem feito denúncias e mais denúncias. A CPI iria trazer luz a este escândalo que precisa ser apurado. Afinal é o dinheiro público sendo gasto de maneira irresponsável e sem nenhum benefício evidente para a população.

"Eu vejo que, quando um vereador colega de parlamento se nega a assinar um requerimento de CPI, claramente está dizendo não ao povo e sim ao mal feito, está dizendo que escândalo como esse das farras das diárias, não merece ser investigado, se não assinam, são contra a CPI é porque é a favor de que isso continue, que pouco importa se o dinheiro do povo está sendo mal aplicado ou até mesmo desviado. Que é o caso desse absurdo das farras das diárias. Desafio os nobres colegas a abrir qualquer procedimento investigativo, seja de farras das diárias, seja do PDDE, seja a respeito de uma única empresa que fornece medicamentos para prefeitura. Assinarei todos. Podem vim". Disse Kellyane ao final da sessão.

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Após as denúncias recebida por mães, a Vereadora Kellyane vai as escolas fazer fiscalização na manhã desse quarta-feira ( 05 ).



Vereadora Kellyane foi nas Escolas, EM Osvaldino José de Sousa, EM São Francisco de Assis, Creche Balão Mágico e UI Cônego José  Hemetério, em Peri de Baixo.




Após vistorias na escolas, Vereadora Kellyane disse que existe problemas estruturais, falta de carteiras, falta de merenda escolar.

“Visitamos essas escolas e vou visitar as demais no decorrer da semana, e pude vê o quanto as mesmas estão em condições críticas, tanto por parte de infraestrutura, quanto por parte da segurança dos alunos ( fios de tomadas expostas ). É preciso olhar mais para Educação da nossa cidade. O gestora, hoje, tem por obrigação fazer as garantias de direitos de toda a comunidade escolar. É triste vermos essa situação, chegamos ao absurdo dos absurdos”, disse Kellyane.





Vereadora garantiu que além desses problemas, na escola UI Cônego em Peri de Baixo não está sendo servida merenda escolar, e devido à falta da merenda, estão sendo liberadas mais cedo. Isso prejudica o calendário escolar e também o aprendizado das nossas crianças. 

Na ocasião falei com os alunos sobre a importância de estudar, de buscar conhecimento, e valorização. 

Venho ao meio desse pedido cobrar a sensibilidade do Poder Executivo Municipal para que venha resolver mais rápido possível esse problema.


















Vereadora Kellyane Calvet apresenta requerimento para criação da CPI da farras das diárias, mas aliados da prefeita não assinam.

Kellyane apresentou hoje, 6 de junho, requerimento para apreciação e votação em plenário para criação da CPI da farras das diárias. ...